Dicas fáceis para evitar o tártaro

O tártaro é basicamente uma camada endurecida de bactérias e restos de alimentos não retirados. 

Agora que você já sabe o que é o tártaro, fica mais fácil de deduzir alguns cuidados que podem ser tomados para prevenir que ele apareça, certo?

Em seu estágio inicial, ele recebe o nome de placa bacteriana. Neste momento, ela é removida de maneira mais fácil. Os sinais mais comuns de que você pode estar com tártaro, é a formação de uma camada viscosa sobre os dentes ou o surgimento de manchas amareladas. 

É importante tratar o tártaro nesse estágio pois se ignorado, pode evoluir para cárie, gengivite e mau hálito. Três problemas bem desagradáveis que com certeza, você quer ficar bem longe! 

 

Como prevenir o surgimento de tártaro?

Neste momento percebemos a importância de consultas regulares ao dentista. Com a orientação de como higienizar corretamente seus dentes, a chance de desenvolver placa bacteriana e posteriormente, tártaro, diminui muito.

Então, para prevenir, passe fio dental regularmente, escove bem os dentes pelo menos 3 vezes ao dia, com uma escova de cerdas macias sem forçar demais, use o enxaguante bucal de acordo com a frequência indicada pelo seu dentista. 

Outro método para prevenir a ocorrência de tártaro, é diminuir o consumo de carboidratos e açúcares, os principais responsáveis pela formação desse problema. 

 

Como é o tratamento?

Na maioria dos casos é simples e pode ser feito durante a consulta de rotina mesmo. O dentista irá localizar os tártaros e retirar com um processo de raspagem no dente, que é praticamente indolor. 

Em alguns casos, se o tártaro estiver na gengiva, é necessário que um periodontista avalie e trate a região da melhor forma. 

 

Suas consultas periódicas estão em dia?

Como você vê, a maioria dos problemas odontológicos podem ser tratados de início com simples consultas de rotina. Se você ainda não foi ao dentista durante os últimos seis meses, agende já a sua consulta e venha cuidar do seu sorriso!